A argiloterapia é também conhecida como geoterapia. É uma técnica que utiliza a argila e seus minerais com finalidade terapêutica. Cria uma proteção para a pele e também aumenta sua beleza de forma natural. Diferente do uso de cosméticos e produtos químicos que nem sempre oferecem qualidade e a longo prazo pode causar alguns problemas na pele. Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, os procedimentos de argiloterapia não são destinados somente à estética.

As propriedades da argila variam conforme o terreno de onde ela tem origem. Na maioria das vezes são ótimas para ativar a circulação, diminuindo o envelhecimento da pele. Os procedimentos chamam a atenção dos pacientes por oferecerem praticamente somente benefícios.

Não é um procedimento que possa trazer algum tipo de efeito colateral. Mesmo sendo aplicada de forma caseira por algumas pessoas, procure sempre adquirir argila medicinal e no primeiro uso, aplicar em uma pequena parte do corpo como forma de certificar que sua pele reagirá como desejado.

Banho de argila na Praia

Benefícios da argiloterapia

Os benefícios de se fazer a argiloterapia são inúmeros:

  • O procedimento estimula a circulação sanguínea e linfática integral (sangue e água);
  • Diminui a tensão, fadiga muscular e a insônia;
  • Elimina toxinas do local onde é aplicado e retarda o envelhecimento;
  • Favorece a reprodução celular integral, afinando e clareando a pele;
  • Efeito tensor cutâneo imediato no rosto, corpo e couro cabeludo;
  • Micro-abrasão da camada córnea (esfoliação biológica);
  • Efeito depurativo dos tecidos por absorção (absorve toxinas e impurezas)
  • Estimula a atividade orgânica da pele (promove um aquecimento);
  • Fornece os sais minerais e oligoelementos necessários;
  • Promove a reconstituição dos tecidos, elimina cravos e espinhas;
  • Desintoxicação metabólica capilar, facial e corporal;
  • No cabelo tem ação sebo-reguladora e estimulante do crescimento dos fios;
  • No corpo tem ação depurativa, desintoxicante e secativa;
  • No rosto tem ação cicatrizante, secativa e tensora; anti-acne;
  • Transmite energia e estimula as funções dos órgãos; reorganiza os sistemas;
  • Tem efeito calmante e elimina bactérias, fungos e secreções diversas;
  • Combate inflamações e inchaço; reduz celulite e estrias;
  • Melhora a aparência estética da pele com psoríase por sua ação cicatrizante e regeneradora;
  • Redução de massa corpórea pois promove a quebra de gordura das células;
  • Fornece oligoelementos que ativam a melanogenese;

A melanogenese é a reprodução de malanócitos que são as células responsáveis pela produção de pigmento que protege a pele contra os danos dos raios UV a nível de DNA

  • Favorece a incorporação de elementos inorgânicos;
  • Estimula a membrana celular no processo de regeneração e ativa o colágeno;
  • Promove a contração combatendo a flacidez;
  • Melhora a micro-circulação, irriga o panículo adiposo e atenua a celulite.

Ou seja, são vários os benefícios envolvendo a argiloterapia. Por isso as pessoas que procuram, a princípio, maior beleza facial acabam se rendendo a mais procedimentos.

Além dos vários benefícios mencionados acima, a aplicação da máscara de argila diminui a oleosidade da pele e hidrata de forma natural. É ótimo para eliminar alguns edemas não expostos. Melhora dores musculares. Também são ótimas para terapia capilar. Os procedimentos de aplicação são feitos em formato de máscara. A aplicação pode ser feita manualmente ou com a ajuda de um pincel ou espátula.

É recomendado aplicar uma generosa camada uniforme – aproximadamente 1cm de espessura – sobre a área desejada. Aguarde que a argila seque naturalmente. Retire-a com suavidade descolando os pedaços mais secos e maiores. Depois entregue-se a um relaxante banho para remover todo o resíduo.